Todos aqueles que possuem sentimentos nobres como amor, solidariedade, humildade e principalmente caridade são bem vindos.
Precisando conversar e/ou receber um passe energético (benzer) estou à disposição todos os dias, para jogar cartas (ler a sorte) somente com hora marcada.
Cobro apenas para ler as cartas R$ 70,00, para manutenção de nossa casa. Qualquer outro tipo de consulta não pode ser cobrada pois na verdadeira caridade não se coloca preço, a verdadeira caridade quem paga é Deus.
Endereço: Rua 22 nº 281 Jardim Morada do Sol Indaiatuba - SP
trabalho assistencial toda sexta feira às 20:00
telefone: 19 995829299
email: d12edani@gmail.com
PEÇO POR GENTILEZA QUE NÃO VENHAM ME PROCURAR PARA FAZER AMARRAÇÃO OU MAGIA BAIXA NÃO ACEITO FAZER ISSO POR DINHEIRO NENHUM DO MUNDO
AGORA SE FOR PRA DESMANCHAR AMARRAÇÃO OU MAGIA BAIXA VENHA CONVERSAR COMIGO

Receba as novidades por email

Translate

quarta-feira, 1 de julho de 2015

OXALA

Oxalá é o orixá regente do planeta Terra e de todo os seus habitantes, é o orixá irradiador da fé. Oxalá é considerado um pai pelos umbandistas ele se encontra logo abaixo de Deus/Olorum/Zambi junto com os outros orixás. Pai por ele ser o responsável por nós, jamais excluindo Deus/Olorum/Zambi como Pai Maior. É Oxalá o mediador entre a humanidade e Deus/Olorum/Zambi.
O uso das roupas brancas nas casas umbandistas se deve a Oxalá como forma de respeito e adoração ao ancestral dos ancestrais. O seu campo de atuação é a religiosidade dos seres, aos quais ele envia o tempo todo, as suas vibrações estimuladoras da fé individual e suas irradiações geradoras de sentimentos de religiosidade. Orixá associado à criação do mundo e da espécie humana. É calmo, sereno, pacificador, é o criador, portanto respeitado por todos os Orixás e todas as nações. Oxalá é sincretizado como Jesus Cristo, pois é ele o Orixá que zela pelos seres humanos, que intercede junto a Olorum/Deus/Zambi a nosso favor, Orixá da paz, do amor incondicional, do perdão e que se encontra dentro de cada ser vivo, lá no fundo de nossos corações ele faz sua morada. 
As atribuições de Oxalá são as de não deixar um só ser sem o amparo religioso dos mistérios da Fé. Mas nem sempre o ser absorve suas irradiações quando está com a mente voltada para o materialismo desenfreado dos espíritos encarnados.
Homenageia-se Oxalá na representação daquele que foi o "filho dileto de Deus entre os homens", entretanto, permanece, no íntimo desse sincretismo, a herança da tradição africana: "Jesus foi um enviado foi carne, nasceu, viveu e morreu entre os homens" Oxalá nasceu com a formação do mundo, no principio da criação, Jesus é um espírito de extrema evolução que foi criado depois de Oxalá, portanto: Oxalá já era antes que Jesus o fosse.
Oxalá, assim como Jesus, proporciona aos filhos a melhor forma de praticar a caridade, isto é, se doando, dando a outra face, para que na espiritualidade possamos trilhar o caminho da luz que nos conduzirá ao seu Divino Mestre.
Todos têm Oxalá em sua coroa, pois ele é o orixá regente de nosso planeta, portanto, orixá responsável por todos os seres vivos. Nas oferendas a qualquer Orixá ele é sempre lembrado, em qualquer casa de culto afro este orixá é muito importante, por todos os motivos aqui explicados e por motivos próprios as raízes de cada casa de culto. 
As entidades da falange de Oxalá, são muito sérias e serenas, trazem sempre uma mensagem de paz aos consulentes, costumam tratar o espiritual das pessoas, trabalhando em prol da fé, refazendo desgastes psicológicos, trazendo esperança aos corações machucados, tratam os consulentes como filhos e buscam reavivar e preservar a fé em Deus/Olorum/Zambi. 
Este Orixá é sempre louvado no começo de qualquer trabalho de umbanda para que traga equilíbrio e paz para a gira do dia, é louvado também para pedir ao anjo da guarda a proteção de um filho (firmar anjo da guarda). Não há em nossa casa a incorporação desse orixá pelos motivos acima citados, hoje em dia é muito raro se encontrar um filho de Oxalá. É comum encontrar a incorporação de Oxalá em outros cultos, porem na umbanda ele é uma energia cósmica ancestral, pela nossa cultura e entendimento muitos médiuns filhos de Oxala de frente não sabem lidar com essa energia e também o veem como Jesus Cristo o que impossibilita a manifestação do Orixa, Oxalá não é Jesus, talvez Jesus tenha tido Oxalá como pai de cabeça, pela sua historia podemos quase que afirmar! 

CARACTERISTICAS:

Cor: Branca
Fio de Contas: Contas e Miçangas brancas e leitosas. Firmas Brancas.
Ervas : Tapete de Oxalá (Boldo), Saião, Colônia, Manjericão Branco, Rosa Branca, Folha de Algodoeiro, Sândalo, Malva, Patchouli, Alfazema, Folha do Cravo, Neve Branca, Folha de Laranjeira. 
Símbolo: Estrela de 5 pontas. (Em algumas casas, a Cruz)
Pontos da Natureza: Todos, pois ele é o regente de nosso planeta
Flores: Lírios brancos e todas as flores que sejam dessa cor, as rosas de preferência sem espinhos.
Pedras: Diamante, cristal de rocha, perola brancas.
Metal : Prata (Em algumas casas: platina, ouro branco).
Saúde: Não tem área de saúde específica, pois abrange todo nosso corpo e nosso espírito.
Planeta: Sol.
Dia da Semana: Todos, especialmente a Sexta-Feira.
Elemento: Ar
Chakra: Coronário
Saudação: ÊPA BABÁ (olá, com admiração e espanto ao ancestral dos ancestrais)
Bebida: Água mineral, ou vinho branco doce ou vinho tinto doce.
Animais: Pomba Branca, Caramujo, coruja branca
Comidas: Canjica, Acaçá, Mungunzá.
Data Comemorativa: 25 de Dezembro
Sincretismo: Jesus. 
Incompatibilidades: Vinho de palma, dendê, carvão, roupa escura, cor vermelha, cachaça, bichos escuros. Lâminas 

CARACTERISTICAS DOS FILHOS DE OXALÁ

Os filhos de Oxalá são pessoas tranquilas, com tendência à calma, até nos momentos mais difíceis, conseguem o respeito mesmo sem que se esforcem objetivamente para obtê-lo. São amáveis e pensativos, mas nunca de maneira subserviente. Às vezes chegam a ser autoritários, mas isso acontece com os que têm Orixás guerreiros ou autoritários como adjutórios (ajuntós). 
São muito dedicados, caprichosos, mantendo tudo sempre bonito, limpo, com beleza e carinho. Respeitam a todos, mas exigem ser respeitados. Sabem argumentar bem, tendo uma queda para trabalhos que impliquem em organização. Gostam de centralizar tudo em torno de si mesmos. São reservados, mas raramente orgulhosos. 
Seu defeito mais comum é a teimosia, principalmente quando têm certeza de suas convicções, será difícil convencê-los de que estão errados ou que existem outros caminhos para a resolução de um problema. Para Oxalá, a idéia e o verbo são sempre mais importantes que a ação, não sendo raro encontrá-los em carreiras onde a linguagem (escrita ou falada) seja o ponto fundamental. 
Fisicamente, os filhos de Oxalá tendem a apresentar um porte majestoso ou no mínimo digno, principalmente na maneira de andar e não na constituição física, não é alto e magro como o filho de Ogum nem tão compacto e forte como os filhos de Xangô. Às vezes, porém, essa maneira de caminhar e se postar dão lugar a alguém com tendência a ficar curvado, como se o peso de toda uma longa vida caísse sobre seus ombros, mesmo em se tratando de alguém muito jovem.
Para que o filho de Oxalá tenha uma vida melhor, deve procurar despertar em seu interior a alegria pelas coisas que o cerca e tentar ceder à sua natural teimosia. 

OFERENDAS 

Canjica branca (sem aquele olhinho escuro e mal cozida). Colocar em tigela de louça branca. Cobrir com Algodão, Folhas de Saião ou Claras em Neve. Podendo colocar um cacho de uva branca por cima de tudo. Regar com mel
Também se faz agrado com uma mesa de frutas, que não podem ter espinhos farpas ou fiapos, como por exemplo: manga, abacaxi, carambola, cajá-manga, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Piada?

Um Pai-de-Santo, para definir bem a influência dos orixás nas pessoas contou uma estória: Simulemos um fato: Imaginem duas pessoas brigando.

Passando um filho de Ogum, ou ele passa direto e nem olha, ou já vai se meter na briga. Um filho de Xangô para, fica olhando, e já começa a reclamar. Coitado do baixinho! Porque será esta briga? Acho que aquele alto não tem razão. E pior, nem sabe brigar. É um fraco. E fica questionando. Um filho de Oxóssi para, senta no chão e, rindo, fica assistindo e se deleitando com a briga. Uma filha de Iemanjá chamaria os dois, colocaria suas cabeças em seu colo e os acalmaria recomendando paz. Uma filha de Iansã já reclamaria e chamaria a polícia. Alguém perguntou:_ E uma filha de Oxum, que faria?

Ele Respondeu:_ Nada, e nem poderia. Os dois estavam brigando por causa dela...