Todos aqueles que possuem sentimentos nobres como amor, solidariedade, humildade e principalmente caridade são bem vindos.
Precisando conversar e/ou receber um passe energético (benzer) estou à disposição todos os dias, para jogar cartas (ler a sorte) somente com hora marcada.
Cobro apenas para ler as cartas R$ 70,00, para manutenção de nossa casa. Qualquer outro tipo de consulta não pode ser cobrada pois na verdadeira caridade não se coloca preço, a verdadeira caridade quem paga é Deus.
Endereço: Rua 22 nº 281 Jardim Morada do Sol Indaiatuba - SP
trabalho assistencial toda sexta feira às 20:00
telefone: 19 995829299
email: d12edani@gmail.com
PEÇO POR GENTILEZA QUE NÃO VENHAM ME PROCURAR PARA FAZER AMARRAÇÃO OU MAGIA BAIXA NÃO ACEITO FAZER ISSO POR DINHEIRO NENHUM DO MUNDO
AGORA SE FOR PRA DESMANCHAR AMARRAÇÃO OU MAGIA BAIXA VENHA CONVERSAR COMIGO

Receba as novidades por email

Translate

domingo, 5 de dezembro de 2010

EPARREI IANSÃ


DIA 04/12 DIA DE MAMAE IANSÃ DONA DOS VENTOS E DAS TEMPESTADES, ORIXA DA GUERRA. 
COMO A MAIOR PARTE DOS ORIXÁS FEMININOS CULTUADOS INICIALMENTE PELOS IORUBÁS, É A DIVINDADE DE UM RIO CONHECIDO INTERNACIONALMENTE COMO RIO NÍGER, OU OIÁ, PELOS AFRICANOS, ISSO, PORÉM, NÃO DEVE SER CONFUNDIDO COM UM DOMÍNIO SOBRE A ÁGUA. 
IANSÃ É A SENHORA DOS EGUNS (ESPÍRITOS DOS MORTOS), OS QUAIS CONTROLA COM UM RABO DE CAVALO CHAMADO ERUEXIM - SEU INSTRUMENTO LITÚRGICO DURANTE AS FESTAS, UMA CHIBATA FEITA DE RABO DE UM CAVALO ATADO A UM CABO DE OSSO, MADEIRA OU METAL.É ELA QUE SERVIRÁ DE GUIA, AO LADO DE OBALUAIÊ, PARA AQUELE ESPÍRITO QUE SE DESPRENDEU DO CORPO. É ELA QUE INDICARÁ O CAMINHO A SER PERCORRIDO POR AQUELA ALMA. COMANDA TAMBÉM A FALANGE DOS BOIADEIROS.
NOS TRABALHOS DE UMBANDA É SEUS FALANGEIROS QUE AUXILIAM NOS TRABALHOS DE DESCARREGOS E QUEBRANDO DEMANDAS JUNTAMENTE COM OGUM.
COR: AMARELO EM ALGUMAS CASAS LARANJA
SÍMBOLO: RAIO, ERUEXIM (CABO DE FERRO OU COBRE COM UM RABO DE CAVALO), CHIFRE DE BUFALO
PONTOS DA NATUREZA: BAMBUZAL
DIA DA SEMANA: QUARTA FEIRA
ELEMENTO: FOGO
SAUDAÇÃO: EPARREI OIA, EPARREI IANSÃ (SALVE OIA MAE DOS NOVE ESPAÇOS DO ORUM)
SINCRETISMO: SANTA BÁRBARA


LENDAS DE IANSà

IANSÃ PASSA A DOMINAR O FOGO
 
       XANGÔ ENVIOU-A EM MISSÃO NA TERRA DOS BARIBAS, A FIM DE BUSCAR UM PREPARADO QUE, UMA VEZ INGERIDO, LHE PERMITIRIA LANÇAR FOGO E CHAMAS PELA BOCA E PELO NARIZ. OIÁ, DESOBEDECENDO ÀS INSTRUÇÕES DO ESPOSO, EXPERIMENTOU ESSE PREPARADO, TORNANDO-SE TAMBÉM CAPAZ DE CUSPIR FOGO, PARA GRANDE DESGOSTO DE XANGÔ, QUE DESEJAVA GUARDAR SÓ PARA SI ESSE TERRÍVEL PODER. 

IANSÃ GANHA DE OBALUAIÊ O PODER SOBRE OS MORTOS  

          CHEGANDO DE VIAGEM À ALDEIA ONDE NASCERA, OBALUAIÊ VIU QUE ESTAVA ACONTECENDO UMA FESTA COM A PRESENÇA DE TODOS OS ORIXÁS. OBALUAIÊ NÃO PODIA ENTRAR NA FESTA, DEVIDO À SUA MEDONHA APARÊNCIA. ENTÃO FICOU ESPREITANDO PELAS FRESTAS DO TERREIRO. OGUM, AO PERCEBER A ANGÚSTIA DO ORIXÁ, COBRIU-O COM UMA ROUPA DE PALHA, COM UM CAPUZ QUE OCULTAVA SEU ROSTO DOENTE, E CONVIDOU-O A ENTRAR E APROVEITAR A ALEGRIA DOS FESTEJOS. APESAR DE ENVERGONHADO, OBALUAIÊ ENTROU, MAS NINGUÉM SE APROXIMAVA DELE, NENHUMA MULHER QUIS DANÇAR COM ELE.

IANSÃ TUDO ACOMPANHAVA COM O RABO DO OLHO. ELA COMPREENDIA A TRISTE SITUAÇÃO DE OBALUAIÊ E DELE SE COMPADECIA. IANSÃ ESPEROU QUE ELE ESTIVESSE BEM NO CENTRO DO BARRACÃO. O XIRÊ (FESTA, DANÇA, BRINCADEIRA) ESTAVA ANIMADO. OS ORIXÁS DANÇAVAM ALEGREMENTE COM SUAS EKEDES. IANSÃ CHEGOU ENTÃO BEM PERTO DELE E SOPROU SUAS ROUPAS DE PALHA COM SEU VENTO. NESSE MOMENTO DE ENCANTO E VENTANIA, AS FERIDAS DE OBALUAIÊ PULARAM PARA O ALTO, TRANSFORMADAS NUMA CHUVA DE PIPOCAS, QUE SE ESPALHARAM BRANCAS PELO BARRACÃO. OBALUAIÊ, O DEUS DAS DOENÇAS, TRANSFORMARA-SE NUM JOVEM BELO E ENCANTADOR.
O POVO O ACLAMOU POR SUA BELEZA. OBALUAIÊ FICOU MAIS DO QUE CONTENTE COM A FESTA, FICOU GRATO. E, EM RECOMPENSA, DIVIDIU COM ELA O SEU REINO. IANSÃ ENTÃO DANÇOU E DANÇOU DE ALEGRIA. PARA MOSTRAR A TODOS SEU PODER SOBRE OS MORTOS, QUANDO ELA DANÇAVA AGORA, AGITAVA NO AR O ERUEXIM (O ESPANTA-MOSCA COM QUE AFASTA OS EGUNS PARA O OUTRO MUNDO). IANSÃ TORNOU-SE IANSÃ DE BALÉ, A RAINHA DOS ESPÍRITOS DOS MORTOS, A CONDUTORA DOS EGUNS, RAINHA QUE FOI SEMPRE A GRANDE PAIXÃO DE OBALUAIÊ. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Piada?

Um Pai-de-Santo, para definir bem a influência dos orixás nas pessoas contou uma estória: Simulemos um fato: Imaginem duas pessoas brigando.

Passando um filho de Ogum, ou ele passa direto e nem olha, ou já vai se meter na briga. Um filho de Xangô para, fica olhando, e já começa a reclamar. Coitado do baixinho! Porque será esta briga? Acho que aquele alto não tem razão. E pior, nem sabe brigar. É um fraco. E fica questionando. Um filho de Oxóssi para, senta no chão e, rindo, fica assistindo e se deleitando com a briga. Uma filha de Iemanjá chamaria os dois, colocaria suas cabeças em seu colo e os acalmaria recomendando paz. Uma filha de Iansã já reclamaria e chamaria a polícia. Alguém perguntou:_ E uma filha de Oxum, que faria?

Ele Respondeu:_ Nada, e nem poderia. Os dois estavam brigando por causa dela...